sexta-feira, 12 de maio de 2017

Quem foi quem no NBB 2016-17


Temporada 2016-2017 do Novo Basquete Brasil, um resumo das equipes que disputaram o torneio:

A temporada teve um marco histórico. Nas quartas de final, os quatro times de melhor campanha na 1ª Fase foram todos eliminados. 

Marca de um nível técnico bastante equilibrado na competição, mas surpresas sim, ou zebras para quem prefira um vocabulário mais chamativo, afinal quando o oitavo derruba o primeiro, em qualquer lugar do mundo é algo surpreendente. O menos surpreendente foi Bauru, pois a diferença entre o quarto e o quinto por si só já tende a ser pequena, mas se for analisada toda a fase de turno e returno, o pelotão de frente o tempo todo foi formado por Flamengo, Mogi, Brasília, Franca e Bauru.

De positivo para o basquete brasileiro, além do equilíbrio técnico, deve-se destacar também a renovação, pois entre os times que surpreenderam nas quartas, elencos bastante jovens, numa renovação saudável e natural dos talentos que fazem a diferença no cenário nacional do basquete masculino. Ponto positivo também no fato de que três das quatro surpresas eram clubes, pilares fundamentais para um trabalho de médio a longo prazo, diferente de projetos com financiamento temporário. Os clubes são pilares essenciais para a formação de jovens talentos. E a última boa notícia para a saúde do basquete masculino brasileiro foi a presença pelo segundo ano consecutivo de um projeto do Nordeste entre os semi-finalistas: Basquete Cearense em 2015-16 e Universo/Vitória em 2016-17, símbolos da maior penetração geográfica do basquete masculino pelo território nacional (à qual se pode somar a presença do Santos do Amapá entre os seis participantes da Liga Ouro, 2ª divisão do basquete brasileiro, nesta mesma temporada). Quatro excelentes notícias que a temporada 2016-2017 do Novo Basquete Brasil ofereceu. Vamos ao tradicional retrato desta temporada:


QUARTETO SURPRESA

BAURU
Campeão
Time: Gegê, Alex Garcia, Gui Deodato, Léo Meindl e Jéfferson William
Téc: Demétrius Ferracciú
Banco: Valtinho, Gui Santos, Gabriel Jaú e Shilton
Saiu no turno: Rafael Hettsheimeir
Estrangeiros: não há

PAULISTANO
Vice-campeão
Time: Georginho de Paula, Arthur Pecos, Jhonatan Luz, Lucas Dias e Renato Carbonari
Téc: Gustavo De Conti
Banco: Wesley Mogi, Eddy Carvalho, Daniel Hure e Guilherme Hubner
Estrangeiro: Daniel Hure (Argentina)

PINHEIROS
Time: Corderro Bennett, Neto, Desmond Holloway, Gemerson Silva e Renan Lenz
Téc: César Guidetti
Banco: Gustavo Basílio, Thiago Mathias, Guilherme Teichmann e Ralfi Ansaloni
Estrangeiros: Corderro Bennett (EUA) e Desmond Holloway (EUA)

UNIVERSO VITÓRIA
Time: Kenny Dawkins, Arthur Belchor, Edu Mariano, André Luiz Coimbra e Douglas Kurtz
Téc: Régis Marrelli
Banco: André Góes, Keyron Sheard, Chris Hayes e Renato Scholz
Estrangeiros: Kenny Dawkins (EUA), Keyron Sheard (EUA) e Chris Hayes (EUA)



PRIMEIRO PELOTÃO

FLAMENGO
Time: Ronald Ramon, Marcelinho Machado, Marquinhos, Alexandre Olivinha e JP Batista
Téc: José Alves Neto
Banco: Ricardo Fischer, Pedrinho Rava, Rafael Mineiro e Hakeem Rollins
Estrangeiros: Ronald Ramon (Rep. Dominicana) e Hakeem Rollins (EUA)

MOGI
Time: Larry Taylor, Jimmy Dreher, Shamell Stallworth, Tyrone Curnell e Caio Torres
Téc: Jorge Guerra, Guerrinha
Banco: Elinho Corazza, Guilherme Filipin, Fabrício Russo, Fernando Calvi e Gérson Santo
Estrangeiros: Larry Taylor (EUA, naturalizado brasileiro), Shamell Stallworth (EUA), Fernando Calvi (Argentina) e Tyrone Curnell (EUA)

FRANCA
Time: Henrique Coelho, Alexey Borges, Pedro Lima, Dedé Stefanelli e Lucas Cipolini
Téc: Helinho Rubens
Banco: Cauê Borges, Isaac Gonçalves, Antônio Elpídio, César Fabretti e Du Sommer
Estrangeiros: não há

UNICEUB BRASÍLIA
Time: Fulvio, Deryk Ramos, Guilherme Giovannoni, Pilar e Lucas Mariano
Téc: Bruno Savignani
Banco: Jéfferson Campos, Alex Oliveira, João Phylippe e Daniel Alemão
Estrangeiros: não há



DUPLA DECEPÇÃO

VASCO DA GAMA
Time: Nezinho, Hélio, David Jackson, Daniel Gaúcho e Murilo Becker
Téc: Christiano Pereira, depois Dedé Barbosa
Banco: Damián Palácios, Márcio Dornelles, Willian Drudi, Wágner e Bruno Fiorotto
Estrangeiros: Damián Palácios (Argentina) e David Jackson (EUA)

BASQUETE CEARENSE
Time: Davi Rossetto, Duda Machado, Marcus Toledo, Luís Felipe Gruber e Léo Waszkiewicz
Téc: Alberto Bial
Banco: Gustavinho, Audrei, Rashaun McLemore, Felipe Ribeiro e Tiagão
Estrangeiro: Rashaun McLemore (EUA)



TERCEIRO PELOTÃO

CAMPO MOURÃO
Time: Greg Brown, Cauê Verzola, Betinho, Vinícius Pastor e Douglas Nunes
Téc: Emerson de Souza
Banco: Jordan Montgomery, Isaac Thornton, Andrézão Silva, Wesley Andrade e Atílio
Estrangeiros: Greg Brown (EUA), Jordan Montgomery (EUa) e Isaac Thornton (EUA)

LIGA SOROCABANA
Time: Enzo Cafferata, Ted Simões, Rafael Castellon, Bruno Ferreira e Alexandre Paranhos
Téc: Rinaldo Rodrigues
Banco: Lucas Lima, Léo Santos, Jéfferson Sobral e Maique Tavares
Estrangeiro: Enzo Cafferata (Argentina)

MINAS
Time: Paulinho Boracini, Scott Rodgers, Danilo Fuzaro Siqueira, Drew Maynard e Anderson Mosso
Téc: Cristiano Grama
Banco: Xande Pinheiro, Pedro Macedo, Rafael Oliveira e Wesley BH
Estrangeiros: Scott Rodgers (EUA) e Drew Maynard (EUA)

CAXIAS DO SUL
Time: Vinícius Gobor, Guto, Arthur Bernardi, Rafael Stábile e Marcão
Téc: Rodrigo Barbosa
Banco: Fred, Patrick Carioca e Diego Conceição
Estrangeiros: não há

MACAÉ
Time: Kendall Anthony, Benzor Simmons, Guilherme Schneider, Rafael Moreira e Erick Camilo
Téc: Léo Costa
Banco: Pitico, Thiaguinho, Lupa e Wilmar Pezão
Estrangeiros: Kendall Anthony (EUA) e Benzor Simmons (EUA)

Nenhum comentário:

Postar um comentário