Acompanha aqui esta ferramenta de evolução do basquetebol masculino brasileiro no território nacio

terça-feira, 30 de abril de 2013

História do Mundial de Clubes de Basquete Masculino

Intercontinental Men's Basketball Cup World Championship
Mundial de Clubes de Baloncesto de Varones

Mundial de Clubes
1966
Campeão: Varese (Itália)

O time titular campeão era Tony Gennari, Remo Maggetti, Sauro Bufalini, Giovanni Gavagnin e Toby Kimball. Gavagnin era o técnico, era jogador e foi o maior pontuador na final.
Final: Varese 66 x 59 Corinthians
Local: Madrid (Espanha)

Participantes: Real Madrid (Espanha), Ignis Varese (Itália), Corinthians (Brasil) e Jamaco Saints (NABL, EUA)
Campanha do Corinthians: 69 x 62 Jamaco Saints (EUA) e 59 x 66 Ignis Varese (ITA)

1967
Campeão: Akron Goodyear (EUA)

O time da Goodyear jogou com Vern Benson, Jim Rayl, Jay Miller, Jim King e Mike McCoy. O técnico era Hank Vaughn.
Final: Goodyear 78 x 72 Varese
Local: Nápoles (Itália)

Participantes: Ignis Varese (Itália), Olimpia Milano (Itália), Slavia Praga (Tchecoslováquia), Corinthians (Brasil) e Akron Godyear Wingfoots (NABL, EUA)
Campanha do Corinthians: 52 x 57 Akron Goodyear (EUA) e 89 x 90 Olimpia Milano (ITA)

1968
Campeão: Akron Goodyear (EUA)

O time da Goodyear jogou com Calvin Fowler, Jerry Curless, Tom Duff, Jim King e Tom Black. O técnico era Hank Vaughn.
Final: Goodyear 105 x 73 Real Madrid
Local: Philadelphia (EUA)

Participantes: Real Madrid (Espanha), Olimpia Milano (Itália), Botafogo (Brasil) e Akron Godyear Wingfoots (NABL, EUA)
Campanha do Botafogo: 52 x 84 Akron Goodyear (EUA) e 54 x 82 Olimpia Milano (ITA)

1969
Campeão: Akron Goodyear (EUA)

O time da Goodyear jogou com Randy Berentz, Jerry Curless, Mike Patterson, Cunningham e Norman. O técnico era Hank Vaughn.
Final: Goodyear 84 x 71 Spartak Brno
Local: Georgia (EUA)

Participantes: Real Madrid (Espanha), Spartak Brno (Tchecoslováquia), Sirio (Brasil), Akron Godyear Wingfoots (NABL, EUA) e Macon College (EUA)
Campanha do Sirio: 73 x 68 Macon College (EUA), 57 x 68 Akron Goodyear (EUA) e 72 x 60 Real Madrid (ESP)

1970
Campeão: Varese (Itália)

O time do Varese jogou com Aldo Ossola, Manuel Raga, John Fultz, Ottorino Flaborea e Dino Meneghin. O técnico era Aza Nikolic.
Pentagonal: Varese conquistou 4 vitórias. Real Madrid foi vice.
Local: Varese (Itália)

Participantes: Real Madrid (Espanha), Ignis Varese (Itália), Slavia Praga (Tchecoslováquia), Corinthians (Brasil) e Columbia Sertoma (NABL, EUA)
Campanha do Corinthians: 57 x 84 Varese (ITA), 82 x 74 Slavia Praga (TCH), 77 x 78 Real Madrid (ESP) e 83 x 62 Columbia (EUA) - 3º lugar

1971 e 1972 - Não Houve

1973
Campeão: Varese (Itália)

O time do Varese tinha como principais jogadores a Aldo Ossola, Manuel Raga, Marino Zanatta, Ivan Bisson e Dino Meneghin. O técnico era Aza Nikolic.
Pentagonal: Varese conquistou 3 vitórias. Tríplice empate entre Varese, Sirio e Vaqueros. Na última rodada, o Varese só não seria campeão se perdesse do Sirio por 16 pontos ou mais. Perdeu por 7 pontos e foi campeão.
Local: São Paulo (Brasil)

Participantes: Ignis Varese (Itália), KK Split (Iugoslávia), Sirio (Brasil), Vaqueros de Bayamón (Porto Rico) e Lexington Marathon Oil (NABL, EUA)
Campanha do Sirio: 96 x 75 KK Split (IUG), 103 x 93 Lexington (EUA), 89 x 92 Vaqueros (POR) e 81 x 74 Varese (ITA) - 2º lugar

1974
Campeão: Maryland (EUA)

O time do Maryland tinha John Lucas, Mo Howard, Steve Sheppard, Owen Brown e Tom Roy. O técnico era Lefty Driesell.
Hexagonal: Maryland venceu os 5 jogos. Na última rodada, Maryland 81 x 80 Varese.
Local: Chihuahua (México)

Participantes: Real Madrid (Espanha), Ignis Varese (Itália), Vila Nova (Brasil), Maryland Terrapins (NABL, EUA), Panteras de Aguacalientes (México) e Dorados de Chihuahua (México)
Campanha do Vila Nova: 63 x 67 Varese (ITA), 72 x 71 Real Madrid (ESP), 87 x 81 Dorados (MEX), 76 x 84 Maryland (EUA) e 82 x 54 Panteras (MEX) - 3º lugar

1975
Campeão: Cantu (Itália)

O time do Cantu era liderado pelos norte-americanos John Grochowalski e Bob Lienhard. O técnico era Arnaldo Taurisano.
Pentagonal: Cantu teve 4 vitórias e 1 derrota, mesma campanha do Franca. Como venceu no confronto direto, foi campeão.
Local: Cantu (Itália)

Participantes: Real Madrid (Espanha), Cantu (Itália), Mobilgirgi Varese (Itália), Franca (Brasil), Penn Quakers (NABL, EUA) e Hit Trésor (República Centro Africana)
Campanha do Franca: 81 x 82 Cantu (ITA), 68 x 67 Varese (ITA), 109 x 55 Trésor (RCA), 93 x 81 Penn Quakers (EUA) e 80 x 79 Real Madrid (ESP) - 2º lugar

1976
Campeão: Real Madrid (Espanha)

O time do Real Madrid tinha Juan Antonio Corbalán, Wayne Brabender, Walter Szczerbiak, John Coughran e Rafael Rullán. O técnico era Lolo Sainz.
Hexagonal: Real Madrid venceu os 5 jogos. O Varese foi o vice-campeão.
Local: Buenos Aires (Argentina)

Participantes: Real Madrid (Espanha), Mobilgirgi Varese (Itália), Franca (Brasil), Obras Sanitárias (Argentina), Missouri Tigers (NABL, EUA) e ASFA Dakar (Senegal)
Campanha do Franca: 70 x 83 Real Madrid (ESP), 67 x 68 Varese (ITA), 80 x 67 Missouri (EUA), 76 x 80 Obras Sanitárias (ARG) e 89 x 57 ASFA (SEN) - 4º lugar

1977
Campeão: Real Madrid (Espanha)

O Real Madrid é bi-campeão com o mesmo time: Juan Antonio Corbalán, Wayne Brabender, Walter Szczerbiak, John Coughran e Rafael Rullán. O técnico era Lolo Sainz.
Hexagonal: Real Madrid venceu os 5 jogos. O Varese foi o vice-campeão.
Local: Madrid (Espanha)

Participantes: Real Madrid (Espanha), Mobilgirgi Varese (Itália), Maccabi Tel Aviv (Israel), Franca (Brasil), Dragones de Tijuana (México) e Providence Friars (NABL, EUA)
Campanha do Franca: 94 x 113 Real Madrid (ESP), 112 x 88 Dragones (MEX), 82 x 85 Providence (EUA), 98 x 101 Maccabi (ISR) e 98 x 87 Varese (ITA) - 4º lugar

1978
Campeão: Real Madrid (Espanha)

O Real Madrid é tri-campeão com o mesmo time: Juan Antonio Corbalán, Wayne Brabender, Walter Szczerbiak, John Coughran e Rafael Rullán. O técnico era Lolo Sainz.
Pentagonal: Real Madrid venceu os 4 jogos. O Obras Sanitárias foi o vice-campeão.
Local: Buenos Aires (Argentina)

Participantes: Real Madrid (Espanha), Mobilgirgi Varese (Itália), Sirio (Brasil), Obras Sanitárias (Argentina) e Rhode Island Rams (NABL, EUA)
Campanha do Sirio: 108 x 111 Real Madrid (ESP), 90 x 95 Obras Sanitarias (ARG), 109 x 95 Rhode Island (EUA) e 112 x 92 Varese (ITA) - 3º lugar

Real Madrid, Tri-Campeão 1976-77-78
* Até 1978, o representante dos EUA era uma equipe da NABL - National Alliance of Basketball Leagues - uma liga secundária. A partir de 1979, o objetivo era ter um representante da NCAA, principal liga universirária dos EUA.

1979
Campeão: Sirio (Brasil)

O Sirio jogava com Larry Williams, Marcel de Souza, Oscar Schmidt, Dodi e Marquinhos Abdalla. O técnico era Cláudio Mortari.
Pentagonal: Sirio venceu 3 jogos e perdeu só para o Mocan, cuja única vitória foi sobre o Sirio. O KK Bósnia foi o vice-campeão, também com 3 vitórias e 1 derrota.
Local: São Paulo (Brasil)

Participantes: KK Bósnia (Iugoslávia), Emerson Varese (Itália), Sirio (Brasil), Piratas de Quebradillas (Porto Rico) e Mokan All-Stars (EUA)
Campanha do Sirio: 114 x 81 Piratas (POR), 91 x 98 Mokan All-Stars (EUA), 83 x 79 Varese (ITA) e 100 x 98 KK Bosnia (IUG) - Campeão

1980
Campeão: Maccabi Tel Aviv (Israel)

O Maccabi tinha como principais jogadores a Mickey Berkowitz, Aulcie Perry e Earl Williams. O técnico era Rudy D'Amico.
Pentagonal: Maccabi venceu 3 jogos e perdeu 1 (para o Real Madrid), foi a mesma campanha do Franca, mas o Maccabi entrou na última rodada já como campeão, garantiu o título com a vitória sobre o Franca na penúltima rodada.
Local: Saraievo (Iugoslávia)

Participantes: KK Bósnia (Iugoslávia), Real Madrid (Espanha), Maccabi Tel Aviv (Israel), Franca (Brasil) e Kansas All-Stars (EUA)
Campanha do Franca: 86 x 74 Kansas (EUA), 116 x 73 Real Madrid (ESP), 74 x 88 Maccabi (ISR) e 81 x 80 KK Bosnia (IUG) - 2º lugar

1981
Campeão: Real Madrid (Espanha)

O Real Madrid jogava com Juan Antonio Corbalán, Mirza Delibasic, Wayne Brabender, Fernando Romay e Rafael Rullán. O técnico era Lolo Sainz.
Campanha do Real Madrid: 115 x 109 Clemson Tigers (EUA), 107 x 71 Bayi (CHN), 102 x 92 Guaiqueríes (VEN), 92 x 88 Sirio (BRA), 115 x 100 Ferro Carril (ARG), 101 x 60 Franca (BRA) e 138 x 103 St. Kilda (AUS). Campeão arrasador!
Local: São Paulo (Brasil)

Participantes: Real Madrid (Espanha), Maccabi Tel Aviv (Israel), Sirio (Brasil), Franca (Brasil), Ferro Carril Oeste (Argentina), Guaiqueríes de Margarita (Venezuela), Clemson Tigers (EUA), St. Kilda Saints (Austrália), Bayi Beijing (China) e SAFA Dakar (Senegal)

Campanha do Sirio: 114 x 82 Bayi (CHN), 131 x 100 Guaiqueríes (VEN), 88 x 92 Real Madrid (ESP) e 102 x 95 Clemson Tigers (EUA). 2ª fase: 87 x 77 Franca (BRA), 111 x 102 St. Kilda (AUS) e 96 x 92 Ferro Carril (ARG) - 2º lugar

Campanha do Franca: 90 x 75 Ferro Carril (ARG), 87 x 82 Maccabi (ISR), 89 x 60 SAFA (SEN) e 99 x 89 St. Kilda (AUS). 2ª fase: 77 x 87 Sirio (BRA), 60 x 101 Real Madrid (ESP) e 85 x 89 Clemson Tigers (EUA) - 4º lugar

1982
Campeão: Cantu (Itália)

O Cantu jogava com Pierluigi Marzorati, Antonello Riva, Denis Innocentin, Jim Brewer e Wallace Bryant. O técnico era Giancarlo Primo.
Hexagonal: Cantu venceu os 5 jogos.
Local: Den Bosch (Holanda)

Participantes: Cantu (Itália), Maccabi Tel Aviv (Israel), Ferro Carril Oeste (Argentina), Air Force Falcons (EUA), Nashua Den Bosch (Holanda) e Elmex Leiden (Holanda)
Pela 1ª vez não houve representante do Brasil.

1983
Campeão: Obras Sanitárias (Argentina)

O Obras jogava com Eduardo Cadillac, Carlos Romano, Vicente Pellegrino, Rolando Frazer e Mário Butler. O técnico era o portorriquenho Flor Meléndez.
Hexagonal: Obras venceu os 5 jogos.
Local: Buenos Aires (Argentina)

Participantes: Cantu (Itália), Olimpia Milano (Itália), Obras Sanitárias (Argentina), Monte Líbano (Brasil), Peñarol (Uruguai) e Oregon Beavers (NCAA, EUA)
Campanha do Monte Líbano: 81 x 65 Olimpia Milano (ITA), 86 x 91 Obras Sanitárias (ARG), 68 x 65 Oregon (EUA), 81 x 82 Cantu (ITA) e 99 x 110 Peñarol (URU) - 4º lugar

1984
Campeão: Virtus Roma (Itália)

O Virtus Roma jogava com Ray Townsend, Stéfano Sbarra, Marco Solfrini, Bruce Flowers e Renzo Tombolato. O técnico era Valério Bianchini.
Pentagonal: Obras venceu os 3 jogos e perdeu 1, mas a única derrota foi depois de já ter o título matematicamente assegurado.
Local: São Paulo (Brasil)

Participantes: Virtus Roma (Itália), Barcelona (Espanha), Obras Sanitárias (Argentina), Sirio (Brasil) e Lexington Marathon Oil (EUA)
Campanha do Sirio: 114 x 90 Marathon Oil (EUA), 88 x 100 Virtus Roma (ITA), 82 x 76 Obras Sanitárias (ARG) e 90 x 93 Barcelona (ESP) - 3º lugar

1985
Campeão: Barcelona (Espanha)

O Barcelona jogava com Nacho Solozábal, Chicho Sibilio, San Epifanio, Otis Howard e Mike Davis. O técnico era Manolo Flores.
Final: Barcelona 93 x 89 Monte Líbano.
Local: Barcelona (Espanha)

Participantes: Virtus Roma (Itália), Barcelona (Espanha), KK Cibona Zagreb (Iugoslávia), Limoges (França), San Andrés (Argentina), Monte Líbano (Brasil), Golden Eagles (EUA), Guantánamo (Cuba), Northern Consolidated Cement (Filipinas) e Maxaquene (Moçambique)
Campanha do Monte Líbano: 92 x 82 Virtus Roma (ITA), 78 x 77 Northern Cement (FIL), 88 x 92 Cibona Zagreb (IUG) e 96 x 77 Golden Eagles (EUA). Semi-final: 95 x 93 San Andrés (ARG). Final: 89 x 93 Barcelona (ESP) - 2º lugar

1986
Campeão: Zalgiris Kaunas (União Soviética)

O Zalgiris jogava com Valdemaras Chomicius, Rimas Kurtinaitis, Sergejus Jovaisa, Mindaugas Lekarauskas e Arvydas Sabonis. O técnico era Vladas Garastas.
Final: Zalgiris Kaunas 84 x 78 Ferro Carril Oeste.
Local: Buenos Aires (Argentina)

Participantes: Zalgiris Kaunas (URSS), KK Cibona Zagreb (Iugoslávia), Obras Sanitárias (Argentina), Ferro Carril Oeste (Argentina), Monte Líbano (Brasil), Corinthians (Brasil), Cariduros de Fajardo (Porto Rico) e Continental Coors (EUA)
Campanha do Monte Líbano: 81 x 83 Zalgiris Kaunas (URSS), 75 x 81 Cariduros (POR) e 94 x 91 Ferro Carril (ARG). 129 x 76 Obras Sanitárias (ARG) e WO x 0 Continental Coors (EUA) - 5º lugar.
Campanha do Corinthians: 87 x 114 Cibona Zagreb (IUG), 126 x 84 Obras Sanitárias (ARG) e 120 x 118 Continental Coors (EUA). Semi-final: 84 x 103 Ferro Carril (ARG). Decisão de 3º: 96 x 119 Cibona Zagreb (IUG) - 4º lugar.

1987
Campeão: Olimpia Milano (Itália)

O Olimpia Milano jogava com Roberto Premier, Mike D'Antoni, Ricky Brown, Bob McAdoo e Dino Meneghin. O técnico era Franco Casalini.
Final: Olimpia Milano 100 x 84 Barcelona.
Local: Milão (Itália)

Participantes: Olimpia Milano (Itália), Barcelona (Espanha), Zalgiris Kaunas (URSS), KK Cibona Zagreb (Iugoslávia), Maccabi Tel Aviv (Israel), Ferro Carril Oeste (Argentina), Monte Líbano (Brasil) e Washington All Stars (EUA)
Campanha do Monte Líbano: 72 x 92 Maccabi Tel Aviv (ISR), 109 x 90 Zalgiris Kaunas (URSS) e 87 x 97 Cibona Zagreb (IUG). Decisão de 5º: 119 x 94 Ferro Carril (ARG) - 5º lugar.

 O time do Olimpia e abaixo, Mike D'Antoni e Bob McAdoo


McDonald's Open

Uma nova competição começou a ser disputada em 1987. Era um confronto entre times da NBA e times europeus. Um torneio de integração, financiado pela rede de lanchonetes McDonald's. Entre 1987 e 1991 foi anual. A partir daí foi a cada dois anos. O participante da NBA era escolhido aleatoriamente, por convite. Nunca uma equipe da NBA deixou de faturar o título.

1987
Campeão: Milwaukee Bucks
Local: Milwaukee (EUA)

Participantes: Milwaukee Bucks (NBA, EUA), Seleção da União Soviética e Olimpia Milano (Itália).

Campanha do campeão: 123 x 111 Olimpia Milano (ITA) e 127 x 100 URSS.

1988
Campeão: Boston Celtics
Local: Madrid (Espanha)

Participantes: Boston Celtics (NBA, EUA), Seleção da Iugoslávia, Real Madrid (Espanha) e Scavolini Pesaro (Itália).

Campanha do campeão: 113 x 85 Iugoslávia e 111 x 96 Real Madrid (ESP).

1989
Campeão: Denver Nuggets
Local: Roma (Itália)

Participantes: Denver Nuggets (NBA, EUA), KK Split (Iugoslávia), Barcelona (Espanha) e Olimpia Milano (Itália).

Campanha do campeão: 137 x 103 Barcelona (ESP) e 135 x 129 KK Split (IUG).

1990
Campeão: New York Knicks
Local: Barcelona (Espanha)

Participantes: New York Knicks (NBA, EUA), KK Split (Iugoslávia), Barcelona (Espanha) e Scavolini Pesaro (Itália).

Campanha do campeão: 119 x 115 Pesaro (ITA) e 117 x 101 KK Split (IUG).

1991
Campeão: Los Angeles Lakers
Local: Paris (França)

Participantes: Los Angeles Lakers (NBA, EUA), KK Split (Iugoslávia), Joventut Badalona (Espanha) e Limoges (França).

Campanha do campeão: 132 x 101 Limoges (FRA) e 116 x 114 Joventut Badalona (ESP).

* A partir de 1991 o torneio passou a ser a cada 2 anos e foi ampliado. Em 1993, pela 1ª vez houve a participação de uma equipe brasileira.

1993
Campeão: Pheonix Suns
Local: Munique (Alemanha)

Participantes: Pheonix Suns (NBA, EUA), Virtus Bologna (Itália), Real Madrid (Espanha), Limoges (França), Bayer Leverkusen (Alemanha) e Franca (Brasil).

Campanha do campeão: 145 x 115 Real Madrid (ESP) e 112 x 90 Virtus Bologna (ITA).

Campanha do Franca: 88 x 129 Virtus Bologna (Itália) e 104 x 97 Bayer Leverkusen (Alemanha) - 5º lugar.

1995
Campeão: Houston Rockets
Local: Londres (Inglaterra)

Participantes: Houston Rockets (NBA, EUA), Virtus Bologna (Itália), Real Madrid (Espanha), Sheffield Sharks (Inglaterra), Maccabi Tel Aviv (Israel) e Perth Wildcats (Austrália).

Campanha do campeão: 116 x 72 Perth Wildcats (AUS) e 126 x 112 Virtus Bologna (ITA).

1997
Campeão: Chicago Bulls
Local: Paris (França)

Participantes: Chicago Bulls (NBA, EUA), Benetton Treviso (Itália), Barcelona (Espanha), Racing Paris (França), Olympiakos (Grécia) e Atenas de Córdoba (Argentina).

Campanha do campeão: 89 x 82 Racing Paris (FRA) e 104 x 78 Olympiakos (GRE).

1999
Campeão: San Antonio Spurs
Local: Milão (Itália)

Participantes: San Antonio Spurs (NBA, EUA), Zalgiris Kaunas (Lituânia), Varese (Itália), Vasco da Gama (Brasil), Adelaide 36ers (Austrália) e Hekmeh (Líbano).

Campanha do campeão: 96 x 86 Varese (ITA) e 103 x 68 Vasco da Gama (BRA).

Campanha do Vasco: 90 x 79 Adelaide 36ers (AUS), 92 x 86 Zalgiris Kaunas (LIT) e 68 x 103 San Antonio Spurs (NBA, EUA).


Intercontinental Europa-América do Sul

1996
Campeão: Panathinaikos (Grécia)
Em 1996 foi criada a Liga Sul-Americana, e numa tentativa de reeditar o Mundial Interclubes, realizou-se uma série entre os campeões da Euroliga e da Liga Sul-Americana.
Final: Olimpia de Venado Tuerto (Argentina) 89 x 83 (c). Panathinaikos (Grécia) 83 x 78 (c) e 101 x 76 (c).

2013
Campeão: Olympiakos (Grécia)
Em 2013 voltou a ser disputada uma Copa Intercontinental, reunindo os campeões da Euroliga e da Liga das Américas. Foram dois jogos, ambos jogador em Barueri, cidade vizinha a São Paulo.
Final: Olympiakos (Grécia) 81 x 70 (f) e 86 x 69 (f) Pinheiros (Brasil). (Detalhes dos jogos)

2014
Campeão: Flamengo (Brasil)
A disputa de 2014 foi no Rio de Janeiro entre o Maccabi Tel Aviv, de Israel, que superara a Real Madrid, Barcelona e CSKA Moscou, no Final Four da Euroliga, e Flamengo, que superou a Pinheiros, Aguada e Halcones Xalapa no Final Four da Liga das Américas. Desde 1983 um clube da FIBA Américas não superava um clube da FIBA Europa. Fim de jejum, título do Flamengo, do técnico José Alves Neto e com Nicolás Laprovittola, Vítor Benite, Marcelinho Machado, Marquinhos, Wálter Herrmann, Olivinha e Jerome Meyinsse.
Final: Flamengo (Brasil) 66 x 69 (c) e 90 x 77 (c) Maccabi Tel Aviv (Israel). (Detalhes dos jogos)



Nenhum comentário:

Postar um comentário